Pesquisar este blog

Características de um bebê high needs



Intenso

"O choro de um bebê high needs não é mera solicitação, é uma demanda urgente. Esses bebês colocam mais energia em tudo que fazem. Eles choram alto, se alimentam vorazmente, riem com gosto, e protestam com mais força se suas necessidades não são satisfeitas para sua imediatamente. Porque eles sentem tão profundamente, eles reagem com mais força se seus sentimentos são perturbados. "

Cuidados com as unhas dos bebês

Mantenha sempre as unhas de seus filhos higienizadas e cortadas para evitar problemas de saúde

Aleitamento materno, respeito, “timing” e... sono

Texto do Dr. Moises Chencinski 
Esse assunto nunca se esgota, até porque, a cada dia aparecem mais fatores e situações que interferem de alguma forma no sono das crianças. Mas acho que grande parte do “problema” foi abordado aqui nos textos e nas perguntas e respostas de todos vocês.
Mesmo assim, gostaria de fazer algumas colocações que julgo importantes para concluir de forma que me satisfaça essa nossa trajetória e expor a minha opinião. Peço a vocês a mesma empatia (lembram-se dela?) que foi seguida aqui durante esse nosso tempo juntos.

Catapora, e agora?


Catapora é o nome popular da varicela, um doença comumente contraída na infância. Ela é causada pelo vírus varicella zoster, um dos 8 (oito) vírus de herpes que atacam humanos. A catapora é caracterizada por febre, seguida de erupções que coçam com persistência, ou feridas abertas.

Sintomas da varicela nas crianças

O primeiro sintoma mais comum é o aparecimento de vesículas ou bolhas pequenas em toda a pele: couro cabeludo, genitais e inclusive aparecem lesões na boca. Em geral pode causar coceira, febre alta, cefaléia, náuseas, vômitos e perda de apetite. No caso em que se observe alguma lesão rara na criança, procure imediatamente o médico.
Os médicos aconselham que as mulheres grávidas que entraram em contato com a catapora procurem o seu obstetra imediatamente, uma vez que o vírus pode causar sérios problemas ao feto.

Causas da varicela em crianças e bebês

Essa doença é causada por um vírus do grupo herpes, chamado Varicela-zoster. O vírus se propaga de pessoa para pessoa pela tosse ou espirro, e também pelo contato direto através de lenços ou lesões na pele. Entre escolares e familiares, a probabilidade de contágio é superior a 90 por cento.
Período de incubação: entre o primeiro contato com o vírus e a aparição dos sintomas, que varia entre 9 a 21 dias. As bolhinhas se rompem liberando um líquido claro (muito contagioso) e logo de 4 a 5 dias se formam as crostas. O contágio pode iniciar-se 2 dias antes do aparecimento das bolhinhas e prolongar-se até cinco dias depois do aparecimento das lesões, ou mais. 

Tratamento da varicela em crianças e bebês

Uma vez que a criança tenha contraído a varicela, não existe tratamento curativo. E sim um controle da doença, à base de antitérmicos, um antiviral específico e um antihistamínico para reduzir a coceira. Tomar cuidado para que a criança esteja sem fraldas a maior parte do tempo, manter sua pele limpa, cortar e limpar as unhas para evitar lesões ao coçar, e infecções, e dar-lhe muita tranquilidade. A varicela pode apresentar complicações perigosas, ainda que não sejam frequentes, nos lactantes e adultos.
A aspirina não deve ser usada durante a infecção de varicela porque pode aumentar a incidência de uma condição potencialmente fatal chamada síndrome de Reye.

fonte: http://br.guiainfantil.com/varicela.html

Natação para Bebês

Brincar com o bebê na água é muito gostoso nos dias quentes, e do ponto de vista da segurança também é bom que a criança se acostume a esse ambiente. As crianças só conseguem nadar de verdade quando são mais velhas, por volta dos 3 anos, mas a natação para bebês é uma ótima maneira de fazer exercício e de relaxar -- para a mãe ou o pai também, já que nesse tipo de aula os pais entram junto com os filhos na piscina. 

Chupeta – o que toda mãe (e pai) deveria saber antes de oferecer uma para seu bebê

A CHUPETA
O que toda mãe (e pai) deveria saber antes de oferecer uma chupeta para o seu bebê. 

A oferta da chupeta se difundiu amplamente na sociedade contemporânea. Trouxe consigo conveniência e comodidade, “simplificando” a tarefa dos adultos em acalmar o bebê. Muitos não sabem ao certo se devem ou não oferecê-la. 

A hora certa para o desfralde

Então, como saber que uma criança está preparada para tirar as fraldas?

Cada criança é única e precisa ser acompanhada individualmente. Normalmente, qualquer tentativa antes dos 2 anos e meio a 3 anos pode ser frustrante para todos. O desenvolvimento neuro-psico-motor segue a direção crânio-caudal, ou seja, da cabeça para os pés e do centro para a periferia do corpo, ou seja, de dentro para fora. 
Assim, não adianta esperar que uma criança que não sabe ficar de pé ande. E mesmo quando ela começa a andar, as quedas são frequentes porque o equilíbrio adequado ainda não se desenvolveu.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nota

A maioria ds textos e imagens são retirados da intenet
Em cada post é citado o endereço de onde foi retirado
As imagens são do google

caso alguem seja dono do texto ou imagem e se sinta ofendido, entre em contato comigo que eu colocarei dos devidos créditos a imagem ou ao texto ou retirarei do blog

adrisantos_santos@hotmail.com

obrigada